Archive for Agosto 2013

8/30/2013 0

Dimensões distintas

By Almi Junior

O mais comum
É que me atinjam
No meio da noite
As cores que brotam
Do seu perfume
Namorando o vento

Abro os olhos
E sigo existindo em sonho
Ou finalmente
Enlouqueci

Acordei sem pressentir
O susto de estar
Em algum
Universo paralelo
Aquário desconhecido

Para o elo
Que nos une
É a luz
Dos seus olhos
Que assume
O meu caminho agora

Me sinto em paz
Assim
Perdido

8/14/2013 0

Sua pele, a noite e uma música

By Almi Junior


Uma noite inteira no seu nome
Sintomas estelares
No céu da minha boca
Sua voz rouca
Do outro lado do telefone
Amanhecendo sonhos aqui

Ouço uma música
Paro
Me atento à letra
Ela te faz poema
Te recita
Faz de sua pele noite preta

Preta 
Sua noite
Faz pele
Na minha 
Pele
Faz música
Na acústica da sua
Pele

Vejo tardes
No seu quarto
Observando o seu olhar taciturno
Meu sorriso ensolarado
Contradiz nosso amor noturno

8/06/2013 0

Um poema na sua mão

By Almi Junior


Na desconjuntura de um poema rio
Meus versos sacodem
E eclodem
Nas paredes de um sentimento bom

Eu revivo a temperatura da sua voz
E reencontro o tom

Na foz do meu desejo
Nosso beijo vira som

O meu poema fica manso
E dorme entre folhas n'água e reflexos escuros prateados
Dissolve de nós os cadeados
E os céus se refazem
Na palma da sua mão

Eu componho mentalmente
Uma cena inteira
Com você ali em pé
Perto da pia
Lavando os meus olhos com seu sorriso

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news