Archive for 02/26/14

2/26/2014 0

Data solúvel

By Almi Junior


Não vejo a hora
Para mim
É sempre agora

Quero desalinhar-me com o sol
E alongar as esquinas

Que a saudade aumente
E engula-me
Mas que eu desça rasgando
Como se tivesse uns
Quarenta por cento de álcool

Não ser fácil de digerir
E dirigir meu próprio filme
Um drama cheio de monólogos semi-existenciais
Uma fotografia de prender as pálpebras
E tudo mais

Não vejo o dia
Não olho no calendário
A agonia do meu diário é ser papel-compromisso
Registro matemático
Uma data
Que passa
E só

Não vejo a hora
De te encontrar
No meio do nada
Pra fazer nada
E falar sobre nada

Felicidade não tem hora marcada

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news