Archive for Janeiro 2012

1/08/2012 1

Não cabe (ou Diante você)

By Almi Junior



Nesses seus olhos
Não há como encontrar paz
São duas imensidões de desejos
Já não posso voltar atrás

Depois que em seus olhos me vejo
Meu corpo não me responde mais
Petrifico
Diante sua mão tão pequena
Em meu rosto
E fico
Como se não houvesse maior problema
Do que satisfazer seu gosto

Não existe calma nesse seu chamar
São duas bocas
Brigando por um espaço tão curto
Que não cabe falar
Muito menos respirar

É a minha pele
E a sua
Brigando por um espaço tão curto
Que não cabe esperar

1/04/2012 1

Não fui eu

By Almi Junior



Não fui eu que deitei
O céu que deitou sobre mim
Não fui eu que olhei
A lua que olhou para mim
Não fui eu brilhei
As estrelas brilharam para mim
Não fui eu que passei
O asfalto passou por mim
Não sou eu que sei
Deus que sabe de mim
Não fui eu que te dei
Você que tomou meu coração de mim

1/03/2012 0

Errado

By Almi Junior




Sou um sonho mal sonhado
Dos meus pais
Que ao me verem
Perceberam
Que era tarde demais
Já aprendi a escrever
E risco cada pele
Que me deixe tonto
Uma raiva que se revele
E eu desconto
Porque eu levo desaforo pra casa
Coloco numa coleção especial
Como cordéis raros
Estendidos no varal
Assim como meus amores
Saudades
Rancores
Cada fagulha fica presa
E não é que haja beleza
Mas a vingança
Eu prefiro de sobremesa
Mas eu sou besta
E meu coração deve ser mulher
Porque nunca vi ninguém pra brigar tanto comigo
Quanto meu coração
Quando está assim
Ferido
Por isso já sou errado
E você tem razão
Não vou culpar o passado
O problema é comigo

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news