2/19/2013 3

Gigante

By Almi Junior


Com uma flor no cabelo
E um olhar esverdeado
Ou azul
Derrama sua graça
Pra todo lado
Seu jeito exagerado
Sua timidez hiperativa
Seu lugar está guardado
Em minha memória ativa
Porque desde que você ficou longe
Aquela música permaneceu em pause
E ficou tatuado nas paredes da minha cabeça
Com seu sotaque tão seu
A saudade virou frase
Até meu bloco na avenida entristeceu
Seu estado cabe dentro do meu
Meus olhos cabem dentro dos seus
Mas onde eu guardo
Todo amor que me deu?

3 Responses to “Gigante”

  1. Anônimo says:

    Sem você não vivo!!!
    Te amo.

  2. Olá!
    Que lindo, falar de amor é algo que só pessoas sensiveis pode descreve-lo,sem amor não da elê se cala dentro do nosso coração.
    Cheguei aqui através de blog de amigos, amei e já estou a te seguir. Aproveito para te convidar a conhecer o meu cantinho, espero que goste.
    Felicidades.
    http://www.celiamariadesousarrudajacobino.com

  3. Olá, Teixeira!

    Ah, o amor, sempre tema para belos e sensíveis poemas!

    Vim aqui retribuir sua visita em meu blog e para apreciar o seu, do qual muito gostei, por sinal.

    A partir de agora sou sua seguidora.

    Abraço.

Leave a Reply

Quem controla os seus versos?

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news