1/28/2013 0

Transeunte dos seus cheiros

By Almi Junior


Transitando
Dentro do seu transe
Percebo que quando você pisca
Cada relampejo
É beijo de despedida
Seu beijo
É a porta de saída
Que me apresentava
Uma desconexão interessante
Sua voz
Feito desejo feroz
Ecoava distante
Aos quatro cantos
Da minha ferida
Antes eram algumas madrugadas
Noites prolongadas
Ligações inesperadas
Saudade assumida
Mas ainda estou em transe
E transito
No trânsito
Do perfume da noite
Que mora na sua nuca

Leave a Reply

Quem controla os seus versos?

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news