1/22/2013 2

Musicada

By Almi Junior


Adormecia
Em meio as músicas
E as minúcias derramadas
No seu cabelo
E no seu pescoço
Um gosto de reviver
Sinto a vida crer
Que somos música
Em essência
Da mais intensa
Forma de ser
Acordava
Em meio as asas
Debruçadas sobre si mesma
E as renúncias caíam
Quando seus cabelos esticavam
Caía o meu queixo
E sem desfecho
De música nos cobriam
Eram pés roçando o céu
Do meu cérebro
Eram seus pés tocando
Instrumentos em mim
O seu sorriso
Roçando a luz do fim do túnel
Da minha espera
Você passava
Calada
Toda musicada
Musa
E cada música
Parecia única
E era

2 Responses to “Musicada”

  1. Gente com gosto de saudade e melodia e vontade mesmo quando está presente: existe.

    Que espaço gostoso, gostei de ter vindo.

    Queria agradecer pela leitura ao meu texto na Confraria dos Trouxas de verão e pelo comentário tão lisonjeiro. Obrigada.

    Um beijo.

  2. Eu fico realmente feliz com a sua vinda e nem precisa agradecer, realmente me encantei com o que escreve.

    Espero poder ver mais do seu trabalho.

    Beijos Loridane.

Leave a Reply

Quem controla os seus versos?

Mais acessados

Ocorreu um erro neste gadget

Blogroll

About

Blogger templates

Blogger news